Entenda como saber se é a hora certa para abrir seu próprio negócio

Abrir o próprio negócio e rentabilizar a vida pessoal por meio dele é o sonho de muitos investidores. Claro que não existe uma fórmula mágica para o sucesso de um empreendimento, mas a administração rege algumas questões imprescindíveis para realizar esse feito.

abrir o próprio negócio

Quer entender mais sobre o assunto? Acompanhe este artigo e saiba se você está pronto para empreender!

Como é o seu planejamento?

O planejamento estratégico é o ponto mais importante quando o assunto é abrir o próprio negócio. Antes de tudo, preocupe-se em analisar a viabilidade. Um empreendimento precisa ser sustentável. Não adianta iniciar trabalhos que não serão mantidos.

É importante que você, empresário, tenha a estratégia bem alinhada aos seus desejos quanto ao desenvolvimento do negócio. Sendo assim, o planejamento aparece como um mapa que vai definir os passos seguintes da organização.

Lembre-se que pode demorar algum tempo para que o ponto de equilíbrio seja alcançado e o retorno do investimento aconteça. Por isso, o seu plano deve contemplar essa situação, posicionando os recursos estrategicamente.

Qual é a situação atual do mercado?

Quem é o seu público-alvo? Qual é o diferencial competitivo dos seus produtos ou serviços? Para qual direção aponta a análise da concorrência? Não abra o seu negócio enquanto esses dados não estiverem bem apurados. Faz parte de um bom planejamento.

Muitas ferramentas podem lhe ajudar a analisar esses aspectos. A análise SWOT, por exemplo, levanta os pontos fracos e fortes do empreendimento, além das ameaças e oportunidades presentes fora da organização.

A administração precisa ter em mente o cenário no qual vai atuar, a fim de aproveitá-lo da melhor maneira possível. A eficiência da gestão tem ligação direta com fatores estratégicos. Nesse sentido, não economize recursos ao investir num bom negócio.

De quanto você dispõe para investir?

A margem de lucro é uma informação crucial que está quase sempre diretamente relacionada ao seu investimento inicial. É preciso encontrar uma opção de negócio rentável que se configure dentro do valor que você quer — e pode — investir.

Não se esqueça também de manter uma reserva para imprevistos (lembra das oportunidades e ameaças?). Acontecimentos externos podem influenciar o seu empreendimento, portanto não seja pego de surpresa.

Ao abrir o próprio negócio, como a gestão vai ser feita?

A organização da empresa é determinante para o seu sucesso. Quanto você conhece da área na qual está pretendendo atuar? Observe a sua familiaridade com esse mercado e não deixe de buscar ajuda caso seja necessário.

Além de gerir os processos, as finanças e as pessoas, a área de qualidade também merece uma atenção especial, afinal, a satisfação do cliente é o que garante a perpetuidade do seu negócio.

Sendo assim, não abra mão de ter todos esses elementos sob controle. Quanto mais especializada a sua empresa for, melhor. Um bom exemplo disso é a abertura de franquia, que inclui suporte e consultoria de campo em benefício do crescimento do franqueado.

Outro ponto interessante é o uso de um software para mecanizar processos. Isso otimiza a produtividade e diminui a chance de erros, evitando o retrabalho e, consequentemente, aniquilando a possibilidade de prejuízos dessa natureza.

Para se aprofundar e se tornar um expert na sua área, ter gosto pelo setor, serviço ou produto, trabalho é fundamental. Já sabe em que segmento pretende abrir o próprio negócio? Entre em contato conosco e conheça nosso modelo de franquia.