Como funciona uma franquia de construção civil?

A construção civil sempre foi um campo de destaque para o crescimento econômico do Brasil. Atualmente, esse fato tem sido reforçado, uma vez que a franquia de construção civil tem ajudado o país a sair da crise econômica em que vivemos, que gerou momentos difíceis para todos nos últimos anos.

franquia da construção civil

Esse setor, então, abriu as portas para quem deseja começar um negócio, tornando-se uma ótima oportunidade para essas pessoas. Entre as opções existentes no mercado, a franquia de casa e construção tem se destacado. Para que você possa entender mais sobre o assunto, preparamos este artigo

Iniciaremos o conteúdo falando sobre o cenário para a franquia de construção civil no país. Posteriormente, abordaremos os modelos existentes e as perspectivas de investimento nesse setor. Por fim, trataremos das razões que levam você a optar por realizar um investimento na franquia da Casa do Construtor. Confira!

O que é franquia de construção civil e como funciona?

A franquia é um modelo de negócio de muito sucesso, que tem como objetivo a venda da licença, em que o franqueador cede ao franqueado o direito de usar o mesmo nome da empresa, além de contar com amplo treinamento e acesso às técnicas internas do negócio, embora essas questões variem de modelo para modelo.

O franqueado usará um modelo de negócio testado e aprovado pelo mercado, o know how desenvolvido que levou a marca ao sucesso. Essa prática começou a ser aplicada em larga escala nos EUA, durante meados do século XX, e tem como principal exemplo o McDonald’s.

Funciona basicamente da mesma forma que qualquer outra franquia. Ou seja, você abre o seu próprio negócio no mercado de construção civil com o nome de uma empresa já conhecida. Em contrapartida, você deve seguir regras preestabelecidas, para manutenção da qualidade e saúde financeira. Além disso, uma pequena porcentagem dos ganhos deve ser reservada para a companhia franqueadora.

Assim, você não precisará construir uma marca com investimentos constantes para se fazer conhecido no mercado. Com a franquia, muitas vezes, a população já conhece o nome, ramo de atuação e qualidade, ainda mais nesta era digital.

Existem certas franqueadoras que não cobram taxas mensais, enquanto certos modelos exigem pagamentos regulares. Por isso você deve estar atento ao ler a Circular de Oferta de Franquia (COF) que especificará tudo em relação a ela.

Quais são os modelos existentes?

Há várias franquias da construção civil no mercado atual. Destacam-se as lojas de material de construção, venda de piscina, locação de equipamentos para obras, lojas de artigos para acabamentos, reformas e prestação de serviços (pintura, reformas, manutenção e limpeza, entre outras). Cada negócio tem a sua complexidade. Veja abaixo os principais modelos.

Franquias físicas

Os pontos de venda são físicos para que o cliente vá até a loja adquirir os diversos produtos, desde cimento até a compra de uma piscina, por exemplo.

Franquias home based

É a maneira de gerir sua empresa por meio da sua casa. Isso traz flexibilidade para que você consiga combinar as tarefas domésticas com o trabalho.

Franquias de serviços

São negócios que comercializam serviços, geralmente por microfranquias, como limpeza, manutenção e reparos.

Franquias virtuais

As vendas são realizadas por e-commerce ou marketplace. Sendo assim, o modelo pode ser voltado para home based, como acabamentos.

Qual o cenário atual quanto à franquia de construção civil?

O cenário atual é bastante promissor. Isso, porque, segundo dados da Associação Brasileira de Franchising (ABF), o segmento de casa e construção cresceu 7% no primeiro semestre de 2017, o que aponta para uma tendência de alta desse nicho. Esse crescimento veio apoiado pela alta demanda por serviços, manutenções e reformas.

Mesmo com um cenário de reaquecimento da economia brasileira nas franquias de casa e construção, é importante ter a capacitação técnica para se trabalhar na área.

Vale, ainda, pesquisar e planejar sobre o mercado de interesse, obtendo o máximo de informações. É muito importante, inclusive, pesquisar dados relevantes sobre a empresa franqueadora.

Quais os cuidados que devo ter no momento da escolha?

Busque uma empresa que tenha procedência, história e que conte com uma estrutura para oferecer ao franqueado. É importante que ela tenha, no mínimo, 10 unidades de franquia.

Converse com as pessoas que compraram a franquia e já têm experiência para saber as dificuldades, o suporte, se realmente é rentável e outras informações importantes para seu investimento.

Invista em franquias de sua área de conhecimento para ter mais facilidade no gerenciamento na rotina do empreendimento. Invista, inclusive, em cursos para se aprimorar na área de gestão do negócio.

Devo abrir meu negócio por meio de uma franquia?

Sim, e a perspectiva é a melhor possível. Caso o seu interesse seja começar o seu próprio negócio, é bastante recomendado que abra uma loja de uma rede de franquias, pois o processo é facilitado em diversos aspectos.

Além disso, há um suporte especial a disposição do franqueado para que ele possa abrir e gerenciar a empresa. Entre as organizações que oferecem essa opção para você, destacamos a Casa do Construtor.

Qual a história da Casa do Construtor?

A Casa do Construtor foi fundada em 1993, pelos engenheiros Altino C. Júnior e Expedito Arena, que perceberam a necessidade que as obras têm em adquirir equipamentos para cada fase de construção. Porém comprar cada um deles para fazer uso em apenas um período curto não representava um custo viável.

Dessa maneira, os engenheiros tiveram a ideia de abrir uma empresa de aluguel desses equipamentos — o que deu tão certo que, em 1998, o negócio se transformou em uma casa de franquias. Atualmente, a marca conta com mais de 200 unidades em todo o Brasil, com a pretensão de alcançar 1000 lojas até 2025.

Quais as vantagens de ser um franqueado?

O suporte diferenciado auxilia os franqueadores a manterem uma boa gestão e a implementar o negócio com sucesso, o que tem sido um sucesso entre todos os parceiros.

Geralmente, quem se torna franqueado da Casa do Construtor abre novas franquias da marca por causa da satisfação em ser um parceiro, além de toda facilidade proporcionada pela rede e a boa lucratividade.

A Casa do Construtor é considerada a maior franquia da América Latina de aluguel de equipamentos para obras, reformas, limpeza e jardinagem. Outro dado a ser destacado é o selo de excelência concedido pela Associação Brasileira de Franchising (ABF).

Quanto custa uma franquia da Casa do Construtor?

A Casa do Construtor já se mostrou uma boa opção de negócios, mas quais os valores necessários para ser um franqueado? A média do capital para instalação da franquia é de R$ 500 mil, contando com as ferramentas, equipamentos e utensílios. Sendo que a taxa de franquia fica entre R$ 40 mil a R$ 65 mil, conforme o tipo e tamanho.

Para manter o negócio nos seus meses de início, é preciso um capital de giro de cerca de R$ 35 mil. No entanto, o faturamento mensal médio, se a franquia estiver bem estabelecida, é de cerca de R$ 75 mil.

A Casa do Construtor cobra taxas de pagamentos mensais, publicidade e royalties com taxas entre 2% a 8%, de acordo com o faturamento bruto. A previsão para que o investimento seja recuperado é de 24 a 30 meses.

Quais os suportes que a franquia proporciona?

A Casa do Construtor oferece aos seus franqueados suporte nas áreas de:

  • gestão e contabilidade da empresa;
  • análise do ponto comercial e local para abertura da franquia;
  • sistema de gestão;
  • compra em grande escala para as franquias com preços melhores;
  • curso de capacitação para gerir os trabalhos;
  • materiais de marketing e publicidade;
  • assistência jurídica.

Como existe um apoio por parte do franqueador para auxiliar os empreendedores, a taxa de falência desse modelo de negócio é oito vezes menor do que um negócio tradicional.

Como é feita a escolha do franqueado?

O candidato preencherá um cadastro com informações de sua vida profissional e pessoal, capital disponível e expectativa do negócio. É realizado uma entrevista com ele para que conheça mais sobre a franquia, suas obrigações e benefícios.

Depois de tudo aprovado, é preciso analisar a documentação jurídica que está fundamentada na Lei de Franquias nº 8955, de 1994. O COF mostrará como deve ser a relação entre franqueador e franqueado e os papéis de cada um, inclusive sobre a questão societária da franqueadora.

Esse documento elimina as dúvidas e dá garantias ao franqueado. Além do COF, o empreendedor também recebe uma uma minuta do contrato que deve ser analisada antes da assinatura final da aquisição da franquia. Após tudo examinado, o candidato pode fechar o contrato em um prazo de até 10 dias, dando início à abertura do modelo escolhido.

Diante de tudo isso, a Casa do Construtor oferece um modelo de negócio seguro, sólido, escalável, consolidado e premiado. Afinal, são anos de experiência em soluções em máquinas e equipamentos para construção civil e jardinagem.

Assinando o contrato, o franqueado tem acesso rápido a toda a expertise e estratégia administrativa já adotada pela empresa, o que ajudará quanto à margem de lucros. Há também manuais e consultorias, de forma a facilitar a implantação da loja, além da distribuição de softwares exclusivos para gerir o seu negócio.

Sendo assim, para aproveitar o boom do mercado de construção civil, é altamente recomendado que você abra um negócio nessa área. Como principal alternativa, considere trabalhar com uma franquia da construção civil, especialmente a Casa do Construtor, que tem anos de experiência e muito sucesso nesse mercado!

Esperamos que este conteúdo tenha esclarecido o que é uma franquia de construção civil, como funciona e quais são os modelos de negócios existente, bem como a história da Casa do Construtor, sua atuação, crescimento e oportunidades mostrando as vantagens desse empreendimento.

Agora que você já sabe como funciona uma franquia de construção civil, que tal investir em uma? Está interessado? Entre em contato com a Casa do Construtor para que possamos esclarecer todas as suas dúvidas.