Franquia e franchising: você entende a diferença?

Após conseguir acumular um certo capital, muitos brasileiros desejam fazer com que o dinheiro “trabalhe” e renda lucros. Para transformar esse objetivo em realidade, é comum existir o desejo de se tornar um franqueado e abrir o próprio negócio.

Franquia e Franchising entenda a diferença

No entanto, diante de tantas possibilidades, surge uma dúvida: existe diferença entre franquia e franchising?

Apesar de serem termos semelhantes, eles possuem certas diferenças de significado, inclusive no que diz respeito à forma de conduzir o empreendimento e obter lucros. Por isso, continue a leitura deste artigo até o final e descubra as principais diferenças entre essas duas formas de empreender.

O que é e como funciona o franchising?

De maneira simplista, o franchising é o ato de replicar em diversos locais um determinado modelo de negócio. Ou seja, é uma estratégia adotada por diversas empresas para conseguir expandir sua operação de maneira mais rápida e eficiente por meio de unidades franqueadas, que são denominadas de franquias.

Para isso, aplica-se um modelo em que a empresa franqueadora cede a uma pessoa autônoma (o franqueado) o direito de usar sua marca, permitindo-lhe replicar a forma de comercializar os produtos ou serviços oferecidos. Por isso, essa modalidade de empreendedorismo tem se tornado popular em nosso país, já que ela permite uma relação benéfica para ambas as partes.

O franqueador se beneficia pelo aumento da expansão de sua marca, enquanto o franqueado usufrui do nome, serviços e produtos de uma empresa consolidada, a qual lhe dará suporte e um modelo de negócio já estabelecido.

Sendo assim, ao adquirir uma franquia, o franqueador e sua equipe receberão auxílio e treinamento para aprender a gerir e a operar esse novo empreendimento, reduzindo assim os riscos envolvidos ao começar um negócio. Em contrapartida, ele deverá remunerar a franqueadora pelo uso da marca, pela transferência desse conhecimento e pela assistência contínua.

O que é e como funciona uma franquia?

Basicamente, uma franquia é a forma mais fácil de começar um novo negócio. Visto que, em vez de começar do zero um empreendimento, o empreendedor adquire o direito de usar a marca e o modelo de negócio de uma empresa já estabelecida no mercado.

Apesar de ser proprietário da unidade e ter uma certa autonomia, o franqueado não goza de total independência da franqueadora. Ele deverá seguir determinadas normas, políticas e padrões estabelecidos pela empresa matriz.

No entanto, possuir uma franquia é algo extremamente vantajoso, principalmente para pessoas que nunca se aventuraram no empreendedorismo. O franqueado conta com o apoio do franqueador para começar a gerenciar sua unidade, além de contar com a credibilidade de uma marca já estabelecida no mercado, a qual possui um modelo de negócio testado. Esses fatores geram uma diminuição dos riscos envolvidos.

Para quem cada modelo é mais indicado?

É possível perceber, existe uma certa diferença entre franquia e franchising. Enquanto a primeira é uma unidade de uma empresa franqueadora, a segunda é uma estratégia de expansão empresarial.

A franquia é indicada para pessoas que desejam abrir um negócio, principalmente caso elas nunca tenham empreendido antes. Apesar de existirem certos riscos, como em qualquer tipo de investimento, é necessário tomar alguns cuidados antes de se tornar um franqueado, como ter afinidade com o segmento de mercado e verificar se a franqueadora está consolidada.

Já o investimento em franchising é indicado para empresas que desejam realizar uma expansão mais rápida, aumentando a eficiência e o poder de compra da rede.

Por tudo isso e, apesar das diferenças existentes, franquia e franchising trazem grandes benefícios ao investidor. É bom lembrar que, caso a pessoa deseje empreender, mas ainda não tenha a segurança para abrir e gerenciar o seu próprio negócio, ou se ela deseja realizar um investimento com menos riscos, existem grandes vantagens em se tornar um franqueado.

Caso você tenha se interessado em ser um franqueado e gostaria de saber como ter sucesso em seu investimento, não deixe de ler este artigo. Até a próxima!