Por que considerar uma franquia como opção de empreendedorismo?

Muitos brasileiros encaram a abertura do negócio próprio como uma forma de fazer com que o seu dinheiro “trabalhe” e renda lucros. Contudo, em muitos casos, essas pessoas ainda não estão preparadas para tal empreitada. Para evitar esse problema, a melhor solução é considerar uma franquia como opção de empreendedorismo.

franquia como opção de empreendedorismo

Muitos brasileiros encaram a abertura do negócio próprio como uma forma de fazer com que o seu dinheiro “trabalhe” e renda lucros. Contudo, muitas vezes essas pessoas ainda não estão preparadas para tal empreitada. Nesse sentido, considerar uma franquia como opção de empreendedorismo é uma alternativa muito interessante para evitar esse problema.

De acordo com um estudo realizado pela Rizzo Franchise, o investimento em uma marca já consolidada apresenta menos riscos do que fundar uma empresa do zero. Isso acontece por vários motivos, como ter o suporte da franqueadora, usar um nome já bem estabelecido no mercado e manter processos e modelos de negócios que foram testados e aprovados.

Ficou interessado mas não sabe por onde começar? Então não se preocupe! Neste post reunimos diversas informações relevantes e dicas fundamentais sobre o assunto. Continue a leitura até o final e entenda por que você deve ponderar a possibilidade de investir em franquia!

O que é uma franquia?

Em linhas gerais, uma franquia é um tipo de negócio bastante lucrativo, pois tem como base os moldes operacionais utilizados por outra empresa. Por conta disso, investir em franquia têm se mostrado um dos meios mais fáceis e eficientes para começar um negócio próprio. Afinal, esse sistema nada mais é do que adquirir da franqueadora o direito de usar sua marca e seu modelo de negócio.

Além disso, o investidor (franqueado) não fica desamparado em nenhum momento de sua jornada empreendedora, afinal, ele tem à sua disposição uma grande variedade de serviços da franqueadora.

É importante destacar que, em muitos casos, a matriz transfere o seu know-how e aplica treinamentos, de modo a melhorar a gestão e a prestação do serviço — além de realizar uma assistência contínua.

Em contrapartida, além do valor fixo investido pela aquisição da unidade, o empreendedor deverá pagar ao franqueador mensalidades, que variam de acordo com o faturamento da franquia e servem para custear a assistência adquirida. Portanto, esse modelo de atuação é muito útil em diversos segmentos, especialmente para quem está começando a empreender, pois conta com o apoio de vários experts.

Mercado de franquias no Brasil

Não é novidade para ninguém que o Brasil vem enfrentando uma crise econômica nos últimos anos. Contudo, o setor de franquias obteve um crescimento considerável, divergindo-se do cenário turbulento de outros mercados. De acordo com a Associação Brasileira de Franchising (ABF), o setor gerou mais 800 mil vagas de emprego em 2018 e obteve um faturamento maior em 7%.

Ainda, a ABF sinalizou a retomada do crescimento do setor em diversos segmentos e aponta o aumento na confiança e no número de investimentos por parte de empresas e consumidores.

É importante ressaltar o desempenho em relação aos outros setores de comércio e serviços no país. Enquanto esses apresentaram um leve aumento — entre 3,3% e 1,2% respectivamente —, o crescimento de 7,3% destaca ainda mais a importância da franquia como opção de empreendedorismo.

O que saber antes de investir em franquia?

Antes de considerar abrir uma franquia, é preciso que o investidor tenha algumas informações. Primeiramente, é necessário saber que existe uma lei que regulamenta o modelo de franchising no Brasil.

Por meio dela, o franqueador deverá emitir um documento — denominado de Circular de Oferta de Franquia (COF) —, que esclarece todas as informações do negócio e as regras que o franqueado precisará seguir.

O próximo passo é certificar-se de que o franqueador dispõe realmente dos atributos necessários para conduzir um negócio de sucesso. É fundamental observar se existe de fato experiência naquele modelo, bem como se ele já foi testado e validado anteriormente. Para isso, aproveite as informações disponibilizadas pela COF e busque contato com outros franqueados da mesma empresa sobre os serviços que são ou já foram prestados.

Além da consulta com parceiros e ex-parceiros, existem diversos guias disponíveis para validar a franquia como opção de empreendedorismo. Além disso, definir o segmento correto — levando em consideração suas habilidades e aptidões — é um grande diferencial.

Ter critérios claros é de extrema importância na hora de construir um empreendimento de sucesso.

Quais são as habilidades indispensáveis nessa tarefa?

Além de conhecer bem o seu parceiro de negócio, é imprescindível fazer uma autoanálise sobre seu perfil enquanto empreendedor e as características que são comumente observadas naqueles que optam por esse modelo. Veja, a seguir, algumas das tarefas mais importantes que devem ser executadas no sistema de franquias.

Gestão de processos

Independente do processo adotado, todo empreendimento precisa ter um controle eficiente e uma gestão adequada dos seus recursos. Portanto, é fundamental dispor de habilidades técnicas na parte administrativa e financeira para que a franquia siga um caminho de crescimento contínuo.

O empreendedor precisa ter noções, ainda que genéricas, de como cuidar do fluxo de caixa e manter um bom relacionamento com clientes, fornecedores e colaboradores.

Aplicação de recursos

Um erro muito cometido por grande parte dos empreendedores iniciantes está diretamente relacionado ao capital. No geral, a falta de um bom planejamento financeiro é fator determinante para o fracasso de um negócio. Sendo assim, ainda que um dos princípios básicos para investir em franquia seja aplicar recursos suficientes, para mantê-la viável e competitiva é indispensável fazer aplicações de forma correta.

Além disso, o empreendedor não deve se ater ao modelo de negócio proposto pela marca apenas pelo fato de ela estar consolidada. Observar as variações do mercado faz parte do perfil desejável para um empresário. Afinal, tão importante quanto fazer vendas é vender de forma constante.

Nesse sentido, entender como se dá o comportamento do nicho que a sua franquia está inserida é um princípio básico para investir de maneira eficiente.

Planejamento de ações estratégicas

Tomar decisões importantes faz parte da rotina de todos os empreendedores, independentemente do tamanho do negócio ou da área de atuação. Nesse sentido, ser capaz de se planejar para estabelecer metas pode facilitar ainda mais a hora de cumprir todos os compromissos gerenciais de uma franquia.

É importante destacar a necessidade de fazer projeções para o futuro do seu negócio, ou seja, realizar uma gestão que contemple ações no longo prazo. Esse cuidado se torna ainda mais importante quando consideramos os cenários mercadológicos.

A competitividade e a globalização estimulam a inovação, e essa prática é crucial para quem pensa na franquia como opção de empreendedorismo.

Quais são as vantagens de ter uma franquia como opção de empreendedorismo?

Ao investir em franquia, o empreendedor tem menos riscos, já que, devido à transferência de conhecimento, na sua unidade ocorre uma replicação de ações que foram testadas e têm eficiência constatada — o que reduz a probabilidade de erros.

Diante disso, existe uma série de benefícios que podem ser comprovadamente observados nessa modalidade. Saiba quais são eles.

Assistência personalizada

Para que o franqueado se torne mais bem preparado, as matrizes estão investindo na criação de universidades corporativas para capacitá-lo. Isso favorece os mais inexperientes, pois eles encontrarão informações e conhecimentos que proporcionarão uma melhor administração de suas unidades.

Dessa forma, o franqueado passa a ter menos preocupação em relação à falta de conhecimentos técnicos e se torna mais completo na busca pela valorização do seu negócio.

Projeção da marca

Outro fator vantajoso de empreender com franquias é que a empresa não começará do zero. Afinal, a unidade usará uma marca conhecida e consolidada, além de contar com uma estrutura já estabelecida, bastando ao empreendedor replicar um modelo de negócio que já foi exaustivamente experimentado.

Com a oportunidade de começar conhecido no mercado, o investimento em estratégias de divulgação tem menos peso.

Fornecedores confiáveis

O bom funcionamento de um negócio depende diretamente do fluxo dos produtos e serviços oferecidos. Nesse sentido, os fornecedores exercem um papel muito importante, especialmente por serem parceiros comerciais indispensáveis na rotina de qualquer empreendimento. Assim, apostar na franquia como opção de empreendedorismo é ainda mais fácil, uma vez que as franqueadoras têm boa relação com seus fornecedores.

Investimento seguro

Antes de começar a investir em franquia, é importante traçar um plano de negócio que deve ser analisado pela franqueadora, de modo a desenvolver estratégias para alcançar os objetivos estabelecidos.

Geralmente, grande parte das franqueadoras também oferece aos interessados a possibilidade de retorno do investimento em um período que varia de 36 a 48 meses. Portanto, esse modelo de negócio se torna também uma opção bastante rentável.

Baixo índice de fechamento de franquias

Como já destacamos, esse tipo de operação já foi testado e, por isso, a aprovação desse modelo alcança níveis bastante satisfatórios. Sendo assim, não é de se espantar que a taxa de mortalidade de uma franquia seja menor do que a de empresas que não utilizam esse modelo.

De acordo com dados levantados pela Rizzo Franchise, enquanto 26% dos novos negócios de varejo não passam do primeiro ano, apenas 3% das unidades franqueadas são fechadas nesse mesmo período. Em outras palavras, esse mercado apresenta mais vantagens em relação aos segmentos concorrentes, com excelentes expectativas para o ano de 2019.

Ainda vale destacar que alguns dos principais motivos para o fechamento de uma franquia podem ser evitados, bastando ter um plano de negócios eficiente e um planejamento adequado para evitar a má localização do seu negócio, problemas financeiros e até mesmo a concorrência.

Caso você tenha o desejo de abrir um novo negócio, que tal considerar uma franquia como opção de empreendedorismo? Além de usufruir de todo o suporte proporcionado pelo franqueador, esse tipo de investimento é muito mais seguro. Além disso, diante do cenário de instabilidade nos outros mercados, investir em franquia é uma alternativa segura para fugir dos riscos de um empreendimento convencional.

Gostou de saber um pouco mais sobre o mercado de franquias? Interessou-se pelas dicas que listamos para ajudar você a investir em um modelo de negócio de sucesso? Então entre em contato conosco e conheça as soluções que oferecemos a você!